Ponte Torta

Endereço: Rua 23 de Maio – Vianelo

A Ponte Torta tem a forma de arco e também era conhecido como “Ponte Redonda”, “Ponte do Arco” e “Ponte dos Bondes”. Segundo os relatos, além dos bondes puxados a burros, a construção servia para a passagem das pequenas locomotivas Decauville, responsáveis pelo transporte de carretas com minérios para a fabricação de cerâmicas. A ponte foi construída entre 1888 e 1889 pelo pedreiro italiano Paschoal Scollato e o engenheiro responsável, Willian Harr.

A Ponte Torta guarda um pouco da história das origens do transporte coletivo em Jundiaí. Entre finais do XIX e início do XX, bondes movidos por tração animal passavam por ali, transportando pessoas entre o centro da cidade e a estação ferroviária, no bairro da Vila Arens.

No passado, as enchentes do Guapeva castigavam muito aquela região, com alagamentos constantes. Para conter as enchentes foram feitas uma série de obras na região e a margem esquerda do rio foi alargada. As obras e a retirada de terra, embora necessárias, comprometeram a estabilidade da ponte. Para evitar que ela caísse, foi construído um bloco de concreto em sua fundação.

Desenho Original da Ponte Torta

Desenho Original da Ponte Torta

 

Ponte Torta em 1900

Ponte Torta em 1900

Ponte Torta em 1920

Ponte Torta em 1967

Ponte Torta em 2010

 

 

 



Centro de Informações Turísticas

Av. Jundiaí, 1151 (em frente ao Parque da Uva) | Anhangabaú – Jundiaí – SP | CEP 13208-053
Telefone: (11) 4521-9644 | E-mail: turismoinformacoes@jundiai.sp.gov.br
Horário de Funcionamento: diariamente das 8h às 18h

Prefeitura de Jundiaí
Turismo Jundiaí | Desenvolvido por CIJUN