Arquivo de Notícias

Conservação de objetos antigos é foco para rotas turísticas

Com representantes da Rota da Uva, da Rota da Terra Nova e do Conselho Municipal de Turismo, o auditório do Solar do Barão abrigou a terceira das “oficinas de memória”, numa parceria entre a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Turismo e a Secretaria de Cultura para orientar as rotas turísticas no tratamento com seu patrimônio mais valioso, que é história e a cultura de suas comunidades. O encontro foi realizado nesta segunda-feira (31).

E o trabalho exige muita informação sobre o assunto – a conservação de objetos antigos. O esforço contou com apresentações da equipe técnica do Museu Histórico e Cultural, envolvendo Marco Antonio Cunha, Shari Almeida, Juliana Mota, Alexandre Oliveira e Creusa Claudino. Além de palestras, dicas práticas foram passadas em três mesas simultâneas em forma de rodízio pelos participantes.

 

A oficina do Museu Histórico mostrou que com informação adequada é possível conservar

“É muito importante essa cooperação de setores e a adesão dos moradores e empreendedores. Diversos deles já imaginam um tipo de futuro memorial na propriedade ou no bairro”, afirmou a diretora de turismo Marcela Moro.

Pelo lado técnico, as informações que interessam aos fundamentais cuidado e carinho no manuseio de objetos antigos foram explicadas desde a visão geral de materiais orgânicos, inorgânicos ou mistos (como era o caso de uma antiga bandeira centenária da Fratellanza Italiana de Jundiahy, usada como exemplo da mistura de tecido e metal).

Os cuidados com as rachaduras e cupins na madeira, as corrosões nos metais, a quebra de moléculas nas dobras de tecidos, a higienização em materiais de couro, o uso de pinceis macios para vidros e cristais ou a proteção contra luz para plásticos e borrachas foram alguns dos pontos abordados, além do manuseio sem luvas para os vidros ou os suportes adequados para manter o formato de boinas e chapéus.

Cada material e tipo de produto antigo merece cuidados adequados, muitas vezes simples mas atentos

Entre os pontos mais detalhados, o manuseio de papeis e de fotografias antigas, sua limpeza de biopoluentes ou até a restauração de alguns documentos e imagens foram mostrados com materiais concretos na oficina.

O ciclo de três oficinas voltadas para a memória faz parte dos preparativos de implementação para as primeiras rotas turísticas de Jundiaí, a Rota da Uva (na região da Roseira, Caxambu, Toca, Colônia e outros) e a Rota da Terra Nova (no bairro homônimo). Com logotipos e mapas em etapa avançada de construção, as duas iniciativas possuem novos encontros agendados para o dia 22 de setembro.

Prefeitura de Jundiaí




Publicada em 01/09/2015

Centro de Informações Turísticas

Av. Jundiaí, 1151 (em frente ao Parque da Uva) | Anhangabaú – Jundiaí – SP | CEP 13208-053
Telefone: (11) 4521-9644 | E-mail: turismoinformacoes@jundiai.sp.gov.br
Horário de Funcionamento: diariamente das 8h às 18h

Prefeitura de Jundiaí
Turismo Jundiaí | Desenvolvido por CIJUN