Arquivo de Notícias

Cicloturismo é nova proposta do Circuito das Frutas

O cicloturismo alia meio ambiente e valorização de trajetos rurais

A secretaria-executiva do Circuito das Frutas, atualmente sediada na Prefeitura de Jundiaí sob responsabilidade da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Turismo, está coordenando estudos iniciais para uma inédita “ciclo rota” que vai abranger os dez municípios que compõe o Circuito – Jundiaí, Itatiba, Jarinu, Atibaia, Morungaba, Louveira, Itupeva, Indaiatuba, Vinhedo e Valinhos. A ciclo rota, como em diversos países do mundo, integraria o turismo rural ao uso de bicicletas em futuras parcerias com a iniciativa privada.

De acordo com o secretário Marcos Brunholi, as diversas cidades do circuito trabalham na busca da valorização do turismo rural e da agregação de valor ao campo.

“É uma proposta nova, que segue uma tendência mundial de ampliação do uso das bicicletas em circuitos turísticos. O Circuito das Frutas se tornará, certamente, uma referência”, acrescenta a diretora de turismo Marcela Moro.

 

Mais comuns em países da Europa e também em regiões de Santa Catarina, o cicloturismo valoriza a paisagem e teria com essa proposta sua primeira ciclo rota no Estado de São Paulo, potencializando a recepção de turistas brasileiros e estrangeiros.

O estudo inicial aponta para a criação de cinco trechos com aproximadamente 32 quilômetros cada. Eles podem ser feitos de maneira intercalada, e, percorrendo todos os trechos, o ciclista receberá um certificado de cicloviagem do Circuito das Frutas.

O turista comum procura um destino, o cicloturista busca um trajeto.

Trechos
Os trechos integram todos os municípios do Circuito das Frutas. A prioridade dos diversos trechos no roteiro está emestradas rurais ou que passem por paisagens diferenciadas no conceito de que “o turista comum procura um destino, o cicloturista busca um trajeto”, além de priorizar também umrelevo predominantemente plano ou com baixa declividade, sendo sinalizados em guias os pontos de topografia mais exigentes. Trata-se de um novo produto que pretende atingir todos os diferentes tipos de público.

Ao lado da valorização da cultura e do meio ambiente, o projeto também visabeneficiar os pontos de turismo rural, restaurantes, pousadas e outros serviços locais. A análise está em andamento no Consórcio e ainda não há cronograma de implantação.

De acordo com o portal do Ministério do Turismo, na Alemanha os cicloturistas são mais de 21 milhões e movimentam nada menos do que cinco bilhões de euros anuais. No Brasil, o segmento começa a se organizar, estimulando as economias locais e despertando pequenas regiões turísticas para a força da modalidade. O gasto diário médio do viajante é estimado em R$ 50 ao dia.

 

 

Prefeitura de Jundiaí
Fotos: Divulgação/ Ministério do Turismo




Publicada em 14/05/2015

Centro de Informações Turísticas

Av. Jundiaí, 1151 (em frente ao Parque da Uva) | Anhangabaú – Jundiaí – SP | CEP 13208-053
Telefone: (11) 4521-9644 | E-mail: turismoinformacoes@jundiai.sp.gov.br
Horário de Funcionamento: diariamente das 8h às 18h

Prefeitura de Jundiaí
Turismo Jundiaí | Desenvolvido por CIJUN